Escritório da Emater, em Arroio do Sal, elabora projetos de inclusão digital para pescadores e agricultores

Na manhã do dia 09 de fevereiro, agricultores e pescadores assinaram os contratos do projeto de inclusão digital, que conta com computador, impressora e kit multimídia, destinado aos beneficiários pelo FEAPER (Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais). São doze projetos, sendo seis para pescadores e seis para agricultores, explica Ricardo Valim, chefe do escritório da Emater de Arroio do Sal.

O recurso foi definido pelo conselho municipal de agricultura e pesca, solicitado pelo secretário adjunto Moacir Lopes, junto a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural e Cooperativismo (SDR). O financiamento é via Badesul e cada projeto possui 80% de bônus de adimplência, com pagamento em até cinco parcelas anuais.

Os projetos visam à gestão das atividades, bem como a inserção dos jovens na produção através do gerenciamento digital.