Secretaria de Obras e Transporte

Desde o dia primeiro de janeiro, a Secretaria de Obras e Transporte vem trabalhando em diversas frentes de trabalho espalhados pelos 27 quilômetros de extensão do município.

Entre os serviços realizados estão a capina e roçada na Interpraias da Praia Azul até Jardim Olívia, incluindo praças e igrejas; na Avenida Assis Brasil; nas Escolas Aracy Gomes Valim e José de Quadros; nos Estádios Dorvalino Monteiro da Cunha e Jovino Alves Pereira; nas três praças do centro: da Emancipação, do Raiante e Praça do Mar e no Cemitério Municipal. Esta semana os trabalhos iniciaram na Rondinha, no centro, na Interpraias em Areias Brancas e as equipes seguem em direção a Camboim e, assim, para o lado norte. No Balneário Atlântico o trabalho já foi concluído.
Entre outras ações importantes estão uma operação tapa buracos; a limpeza de valos com saída de água na região próxima ao farol, em Arroio Seco e na Rondinha; o conserto de bueiros e buracos; a abertura de valos para escoamento de água na Torres Sul e Serra Azul; a Retirada da ponte que estava quebrada em frente ao prédio do Conselho Tutelar e na Bom Jesus a retirada de uma ponte também quebrada e o conserto de outra.
O patrolamento de alguns lugares também era uma antiga reivindicação da comunidade, alguns pontos já foram atendidos como os acessos da Camboim, Torres Sul, Interpraias na Tores Sul, na Rondinha da Interpraias até o Posto de Saúde e saindo até o acesso e foi iniciado no Quatro Lagos, Figueirinha e Vista Alegre.
A Secretaria ainda construiu e instalou duas esteiras de acessibilidade nos balneários Figueirinha e Areias Brancas, que alguns dias depois foram quebradas por quadriciclos, mas já foram consertadas. A esteira do centro de Arroio do Sal contou com melhorias e ampliação.
Também foram abertos dois acessos à beira mar: um na Av. Taquara, para acessibilidade e outro na praia Bom Jesus, uma obrigatoriedade dos Salva-Vidas para manter a guarita naquela localidade, já que a ambulância precisa ter acesso à beira da praia. Ambos tiveram autorização ambiental.
Outro fator importante é que em primeiro de janeiro, dos quatro caminhões basculantes da prefeitura, apenas um funcionava, das duas patrolas, uma estava disponível e o único trator com reboque também estava parado por problemas em uma roda do reboque. Em 31 dias já foram consertados um caminhão basculante, uma patrola e o reboque do trator, todos já nas ruas aumentando a capacidade produtiva da Secretaria.